domingo, 3 de agosto de 2014

[inveja]

Sempre que ouço "ai que inveja... mas inveja boa...!", "inveja branca", "inveja saudável", dá-me comichão. Da má. Há inveja. Inveja é um sentimento. Ponto. Lá porque se tem inveja, não significa que o invejoso magoe o invejado, ou que lhe faça mau olhado. [O mau olhado também tem que se lhe diga. Desde quando isso prejudica alguém? Furar o pneu a alguém, fazer uma rasteira, isso sim é mau. E depois dizem-me que las hay las hay, las brujas. E eu digo para mim, as brujas las hay dentro de nós, que somos muitas vezes os nossos piores inimigos.] Anyway, a inveja. É um sentimento como outro qualquer. Gostávamos te ter aquilo que alguém tem, sentir aquilo que alguém sente, estar no sítio onde alguém está. Na medida certa, a inveja pode ser impulsionadora. Para irmos à luta, para nos mexermos do sítio, para mudarmos o que não está bem. 
Eu sinto inveja de muita gente. Nem branca, nem verde. Pura. Sou uma invejosa. Mas sou boa pessoa. Garanto.

3 comentários :

  1. Respostas
    1. Pois sou, tenho inveja do bikini que postaste recentemente. Ahhhh. :-)))

      Eliminar
  2. Lololol :) eu empresto-te nas próximas vacances!!!

    ResponderEliminar